O ex-presidente Lula (PT), pré-candidato à Presidência da República, participou nesta terça-feira (2) de evento em Campina Grande. Para milhares de pessoas no Parque do Povo, Lula discursou em tom crítico ao presidente Jair Bolsonaro e prometendo melhorias para a vida da população em um possível 3º mandato. Ele ainda cravou que seus candidatos são Veneziano Vital (MDB) e Ricardo Coutinho (PT) para o Governo e Senado no Estado.

“Eu vim aqui para dizer a todo mundo que, nesse Estado da Paraíba, tenho candidato a governador, e ele é Veneziano. Tenho candidato a senador e ele é Ricardo Coutinho”, definiu.

Lula garantiu que, se eleito, não privatizará as empresas estatais brasileiras e criticou as medidas populistas de Bolsonaro às vésperas das eleições.

“O Banco do Brasil não vai ser privatizado, a Caixa não vai ser privatizada. Eles que se cuidem, porque vamos retomar o comando da Petrobras, a Petrobras não pode ficar dando dinheiro para os acionistas americanos em detrimento do preço da gasolina, do diesel e do gás”, declarou..

Ele agradeceu ao povo paraibano e disse que “se dependesse de vocês, o PT nunca teria perdido uma eleição”.

Voltando à política após 12 anos do seu último mandato, Lula disse que o que o motiva é “o que a gente defende, todos nós temos que ter certeza, nossa causa é recuperar o Brasil para os brasileiros, o Brasil para a democracia.”

Lula ainda criticou duramente Bolsonaro, apontando que o líder do Executivo não é respeitado internacionalmente.

“Fui para a Alemanha e fui recebido pelo novo chanceler da Alemanha, pelo presidente da Espanha e pelo presidente da França. Esse genocida que governa esse país não é recebido por ninguém”, destacou.